Notícia, Homeslider, matrix gGmbH

Entusiasmo por ajudas inovadoras com alto benefício para o paciente


A matriz gGmbH recebe reforço de Paula Janecke no desenvolvimento de produtos e aplicação de tecnologias digitais

Paula é uma crente. A ideia deles é levar o desenvolvimento e a produção de recursos técnicos, como órteses e próteses, a um nível novo e melhor. Acima de tudo, devem trazer mais benefícios às pessoas que precisam desses auxílios - por exemplo, em termos de mobilidade - e causar menos problemas, por exemplo, em termos de conforto.

Paula Janecke mit Prothesen

Paula vem perseguindo esse objetivo há muito tempo e por uma experiência muito pessoal. Portanto, depois de se formar no ensino médio, ela estudou ortobiônica em Göttingen e obteve o título de mestre em tecnologia ortopédica. Ela então concluiu com sucesso seu mestrado em “Ciência do Movimento Humano” na Universidade Técnica de Chemnitz. O seu trabalho centra-se na medicina desportiva, neurofisiologia e ergonomia.

No meio e em paralelo, ela trabalhou em vários desenvolvimentos interessantes em laboratórios e empresas bem conhecidas do setor e ganhou experiência em casa e no exterior.

Desde o início de novembro, Paula está construindo o novo laboratório digital da matriz junto com a equipe da matriz matrix gGmbH em Düsseldorf. Lá, junto com parceiros da ciência e das empresas, novos métodos de desenvolvimento e produção são testados de forma particularmente participativa e colocados em prática.

Prothese

Com Paula Janecke, a matrix fortalece suas competências e capacidades no desenvolvimento de produtos e na aplicação de tecnologias digitais para empresas de médio porte. Com o novo laboratório, a matrix expande seu envolvimento no cenário maker e, em particular, como parte ativa da rede mundial FabLab.

Prothese

Um projeto importante é MakeOpaedicsque busca consistentemente estratégias de inovação aberta e desenvolve protótipos para aids. o matrix gGmbH iniciou o projeto em novembro junto com seu parceiro de projeto, a Rhein-Waal University of Applied Sciences. O Ministério Federal da Educação e Pesquisa (BMBF) apóia o projeto como parte da medida de financiamento “Open Photonik Pro” dentro do programa "Photonics Research Germany".

Gefördert vom Bundesminsterium für Bildung und Forschung